Listão da Semana,

Como organizar uma biblioteca e mais 10 lançamentos

O intelectual italiano analisa essa complexa tarefa que, segundo ele, é “altamente metafísica”

31mar2023 - 08h21 | Edição #68

Geológica, histórica, funcional, maquinal ou uma justaposição de todos esses critérios que mais se aproxima do caos. A melhor ordem para os livros, segundo Roberto Calasso, só pode ser plural. Em Como organizar uma biblioteca, que chega nesta semana às livrarias brasileiras, o intelectual italiano analisa essa complexa (e por vezes polêmica — experimente explicar a outro bibliófilo por que você organiza seus livros por cor) tarefa que, segundo ele, é “altamente metafísica”.

Completam a seleção da semana uma investigação sobre a história da bicicleta, os novos romances do paulista Roberto Taddei e do cubano Marcial Gala, a HQ de Fabién Toulmé sobre resistência popular e outras novidades quentinhas. 

Como organizar uma biblioteca. Roberto Calasso. 
Trad. Patricia Peterle • Companhia das Letras • 144 pp • R$ 64,90

Para o ensaísta e editor italiano Roberto Calasso, uma biblioteca é um “terreno vulcânico, onde sempre algo está acontecendo, mesmo que não seja perceptível de fora”. Além do ensaio em que investiga as diversas maneiras de se organizar livros, o volume inclui outros três textos, sobre os tempos áureos das revistas literárias, a origem da resenha e como gerir uma livraria hoje.

Em texto para a Quatro Cinco Um, Sérgio Rodrigues escreve sobre o livro: “O ‘tema altamente metafísico’ (palavras do autor) pode deixar o leitor tão perplexo quanto sempre esteve na hora de distribuir seus livros nas prateleiras, mas o ajudará a situá-los na rica paisagem mental desenhada pela história pessoal e coletiva da leitura”. Leia na íntegra.

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site da editora Companhia das Letras. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

A vida em duas rodas: a história e os mistérios da bicicleta. Jody Rosen. 
Trad. Bruno Casotti • Rocco • 400 pp  • R$ 99,90

A história da magrela desde sua invenção em 1817 até sua celebração como símbolo sustentável hoje é contada pelo jornalista e crítico literário norte-americano Jody Rosen. Misturando história, reportagem, diário de viagem e livro de memórias, ele desafia mitos e clichês, aborda as conexões do ciclismo com conquistas coloniais e reflete sobre os prazeres de se andar de bicicleta.

Leia também: Quadrinista colombiano-equatoriana fala sobre as amigas de duas rodas que lhe fizeram companhia ao longo da vida

———

A segunda morte. Roberto Taddei.
Companhia das Letras • 136 pp • R$ 64,90/29,90

Com linguagem crua e sem eufemismos, Roberto Taddei aborda o envelhecimento e a finitude pelos olhos de um homem que, ao se aproximar dos oitenta anos, abandona a vida na metrópole rumo a uma paisagem litorânea. Escritor, tradutor e jornalista, Taddei coordena a pós-graduação Formação de Escritores no Instituto Vera Cruz.

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site da editora Companhia das Letras. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

Me chama de Cassandra. Marcial Gala.
Biblioteca Azul • 248 pp • R$ 49,90/34,90

Cassandra, a princesa mitológica de Troia, inspira um menino de dez anos em sua busca por uma identidade. O cenário do romance é a cidade cubana de Cienfuegos, em que o jovem protagonista vive uma realidade hostil, preconceituosa e miserável. O romance rendeu a Marcial Gala o premio Ñ, do Instituto Cervantes, que celebra personalidades que difundem internacionalmente a língua espanhola.

Leia também: A homossexualidade e a transição de gênero de jovens e adolescentes em tempos de masculinidade catastrófica

———

Reflexos do mundo: na luta. Fabien Toulmé. 
Trad. Bruno Ferreira Castro e Fernando Scheibe • Nemo • 344 pp • R$ 94,90/66,90

O cartunista francês Fabien Toulmé reúne relatos de resistência popular liderados por mulheres em três países distintos: uma revolução popular no Líbano, a luta dos moradores de uma favela brasileira contra um projeto imobiliário e o engajamento de uma militante feminista no Benim. O autor morou por anos em João Pessoa, onde conheceu a esposa, Patrícia, com quem tem duas filhas. No livro, ele retrata a tradicional comunidade ribeirinha do Porto do Capim, que há anos luta contra as investidas da prefeitura para a instalação de um parque ecológico que prevê a remoção de centenas de famílias do local.

Leia mais: Ao narrar o desaparecimento de uma jovem, HQ trata de ausência afetiva em meio à avalanche de desinformações

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site do Grupo Autêntica. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

Vapt-vupt
+ novidades quentinhas

Amêndoas. Won-Pyung Sohn.
Trad. Yonghui Qio Pan • Rocco • 288 pp • R$ 59,90/29,90

A cineasta, roteirista e romancista sul-coreana narra a história de um menino com alexitimia, a incapacidade de identificar e expressar sentimentos.

Diário III (1924-1930). Virginia Woolf.
Trad. Ana Carolina Mesquita • Nós • 624 pp • R$ 139

O terceiro volume dos diários de Woolf acompanha os anos de escrita de algumas de suas obras mais célebres, como Mrs. Dalloway e Um teto todo seu.

Eleições 2022 e a reconstrução da democracia no Brasil. Leonardo Avritzer, Eliara Santana e Rachel Bragatto (Org.).
Autêntica • 240 pp • R$ 59,80/41,90

Pesquisadores analisam os abusos de poder, a desinformação e o desrespeito às regras do jogo democrático nas eleições presidenciais de 2022.

O pato, a morte e a tulipa. Wolf Erlbruch.
Trad. José Marcos Macedo • Companhia das Letras • 40 pp • R$ 64,90

Nesta fábula, o autor alemão vencedor do prêmio Hans Christian Andersen aborda o universo sensível da morte e do luto.

Para onde vão os guarda-chuvas. Afonso Cruz.
Dublinense • 544 pp • R$ 99,90

O autor português cria um Oriente ficcional para falar de perda, solidão, amor e religiosidade. O romance venceu o prêmio de melhor livro de ficção pela Sociedade Portuguesa de Autores.

Sessenta primaveras no inverno. Aimée de Jongh e Ingrid Chabbert.
Trad. Renata Silveira • Nemo • 544 pp • R$ 79,80/55,90

Nesta HQ, uma crise de meia-idade motiva uma road trip em busca de liberdade e compreensão.

———

Faça parte da revista dos livros! Assine a Quatro Cinco Um.

Quem escreveu esse texto

Marília Kodic

Jornalista e tradutora, é co-autora de Moda ilustrada (Luste).

Matéria publicada na edição impressa #68 em março de 2023.