Listão da Semana,

Crônicas exusíacas e mais 11 lançamentos

O historiador Luiz Antonio Simas lança nesta semana “Crônicas exusíacas e estilhaços pelintras”, sobre personagens à margem e as vagabundagens do cotidiano

30jun2023 - 06h00 | Edição #70

Um pai de santo da baixada fluminense que recebia de Exu as respostas do jogo do bicho, um médium que incorporou o imperador Nero ao atender Tom Jobim e um homem que carregou caixão em mais de mil velórios são alguns dos personagens de Crônicas exusíacas e estilhaços pelintras, que o historiador Luiz Antonio Simas lança nesta semana. “Não tem nada inventado", garante o autor, que diz escrever sobre personagens rigorosamente à margem e as vagabundagens do cotidiano. “É o imaginário popular que parte do princípio de que a história de uma cidade também é contada pela história de seus vigaristas e de seus fantasmas.”

Completam a seleção da semana o novo romance do japonês Seiko Ito, uma coletânea da norte-americana Maya Angelou, os diários do mineiro Lúcio Cardoso, um guia inclusivo para designers e a poesia reunida da norte-americana Sylvia Plath, entre outras novidades quentinhas.

Viva o livro brasileiro!

Crônicas exusíacas & estilhaços pelintras. Luiz Antonio Simas.
Civilização Brasileira/Grupo Record • 208 pp • R$ 54,90/32,90 

O historiador Luiz Antonio Simas reúne 77 textos curtos sobre o samba, o jogo do bicho e figuras icônicas do Rio de Janeiro, como o maestro Tom Jobim tomando uísque com o imperador Nero incorporado em um médium, a descida da entidade Nelson Rodrigues na Penha Circular e Jaiminho Alça de Caixão, o “inventor” da profissão de papagaio de pirata.

Em entrevista à Quatro Cinco Um, Simas falou sobre o livro: “Quero que bote [o livro] na bolsa e leia no metrô, no perrengue do trem, no bar, quando você marcou um encontro e a pessoa atrasou, quando você está em um lugar com medo de que apareça um chato que resolva conversar contigo, quando está no consultório do dentista esperando aquela porcaria para fazer um tratamento de canal. É talvez o meu livro mais mundano. Fala de personagens que estão rigorosamente à margem do que a gente imagina que sejam personagens de uma história oficial”. Leia na íntegra.

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 30% de desconto no site da Record. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

Rádio imaginação. Seiko Ito.
Trad. Rita Kohl • Companhia das Letras • 184 pp • R$ 69,90/37,90

Publicado em 2013 pelo escritor, rapper e ator japonês Seiko Ito, o romance conquistou o prêmio Noma e foi indicado ao prestigioso Akutagawa. Sua trama se desenvolve após o terremoto de 2011, que provocou um tsunami que matou quase 20 mil pessoas e atingiu a usina nuclear de Fukushima. Surge uma estranha transmissão radiofônica, feita por um locutor que recebe chamadas de pessoas que parecem ser os mortos pela catástrofe. Leia um trecho do livro.

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site da Companhia das Letras. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

Não trocaria minha jornada por nada. Maya Angelou. 
Trad. Julia Romeu • Pref. Vilma Piedade • Nova Fronteira • 112 pp • R$ 39,90

Nesta coletânea de ensaios, a escritora, historiadora e ativista norte-americana — primeira mulher negra a ter sua imagem retratada em uma moeda dos Estados Unidos — discute o racismo, a intolerância, a solidão da mulher negra, o luto, a fé, a importância da auto-afirmação e o poder das palavras. 

Leia também: Com pinturas de Jean-Michel Basquiat, edição infantil de poema de Maya Angelou revela a arte como forma de sobrevivência

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 20% de desconto no site da Nova Fronteira. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

Todos os diários (vols. 1 e 2). Lúcio Cardoso. 
Org. Ésio Macedo Ribeiro • Companhia das Letras • 448 pp (vol. 1) e 424 pp (vol. 2) • R$ 139,90 (cada volume)

O escritor e poeta mineiro, autor da obra-prima Crônica da casa assassinada (1959), tem suas memórias lançadas em edição ampliada e revisada. O primeiro volume contém os diários do autor até 1951, com reflexões sobre os desejos da carne e do espírito, Deus e moralidade, literatura e cinema, música e teatro; e o segundo reúne textos inéditos e uma coluna de jornal de Cardoso chamada "Diário não íntimo". 

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site da Companhia das Letras. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

Extra bold: um guia feminista, inclusivo, antirracista, não binário para designers. Ellen Lupton. 
Trad. Maria Luísa de Abreu Lima Paz • Olhares • 220 pp • R$ 149

Organizado pela curadora de design contemporâneo no Cooper-Hewitt Smithsonian Design Museum de Nova York, o livro apresenta questões conceituais, práticas e históricas do design ligadas à inclusão e ao respeito à diversidade, revisitando as realizações de figuras criativas marginalizadas pelo sexismo, pelo racismo e pela capacitismo e conectando o design ao feminismo, ao antirracismo, à inclusão de pessoas com deficiência e ao pensamento não binário.

Leia também: Milton Glaser instigou profissionais a pensar na dimensão ética do design gráfico

———

Poesia reunida. Sylvia Plath.
Trad. Marília Garcia • Companhia das Letras • 512 pp • R$ 139,90/49,90
 

Edição bilíngue dos dois volumes de poemas organizados pela poeta, romancista e contista norte-americana — O colosso, lançado em 1960, e Ariel, publicado postumamente em 1965 —, acrescidos de mais de quarenta poemas esparsos escritos entre 1954 e 1963. Os versos são repletos de referências literárias, botânicas e mitológicas.

Leia também: Sylvia Plath, Bette Davis e Winston Churchill estão entre os autores de uma coletânea que gira em torno da maternidade

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site da Companhia das Letras. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

Vapt-vupt
+ novidades quentinhas

Arte negativa para um país negativo: Antonio Dias entre o Brasil e a Europa. Sérgio Martins.
Ubu • 256 pp • R$ 89,90

Reconstitui o itinerário do artista multimídia entre as décadas de 60 e 70 e sua inserção crítica nas neovanguardas brasileira e europeia. 

Construir sobre ruínas: leitura e escrita em ambientes de privação de liberdade. Alexandre Amaro.
Autêntica • 256 pp • R$ 64,90/45,90

Destaca a importância da leitura e da escrita na prisão para a construção de formas mais dignas de cumprimento da pena e descreve a experiência de artistas encarcerados, como Tomás Antônio Gonzaga e Graciliano Ramos.

Filipson: memórias de uma menina na primeira colônia judaica no Rio Grande do Sul (1904-1920). Frida Alexandr.
Chão Editora • Posf. Regina Zilberman • 360 pp • R$ 82

A escritora judaico-brasileira descreve a colônia agrícola criada por judeus oriundos da Bessarábia, que chegaram ao Rio Grande do Sul em 1904.

Nem vertical nem horizontal: uma teoria da organização política. Rodrigo Nunes.
Ubu • 386 pp • R$ 89,90

O autor teoriza a organização política a partir de uma diversidade de fontes e tradições que incluem a cibernética, o pós-estruturalismo, a teoria das redes e o marxismo.

O contrato racial. Charles W. Mills.
Trad. Teófilo Reis e Breno Santos • Zahar • 232 pp • R$ 74,90

Edição comemorativa de 25 anos do texto em que Mills analisa a teoria do contrato social (Hobbes, Locke, Rousseau, Kant), apontando que essa doutrina é a face filosófica da política identitária branca – e pressupõe, numa linguagem abstrata, um contrato racial que embasa a supremacia branca.

Oppenheimer: o triunfo e a tragédia do Prometeu americano. Kai Bird e Martin J. Sherwin.
Trad. George Schlesinger • Intrínseca • 640 pp • R$ 99,90

Biografia do físico teórico que liderou a equipe que construiu a bomba atômica e que depois das explosões no Japão passou a se opor ao uso de armas nucleares.

———

Faça parte da revista dos livros! Assine a Quatro Cinco Um.

Quem escreveu esse texto

Mauricio Puls

É autor de Arquitetura e filosofia (Annablume) e O significado da pintura abstrata (Perspectiva), e editor-assistente da Quatro Cinco Um.

Marília Kodic

Jornalista e tradutora, é co-autora de Moda ilustrada (Luste).

Matéria publicada na edição impressa #70 em maio de 2023.