Revoar,

Governança climática: um olhar para o futuro

O Revoar recebe Ailton Krenak, Marcos Sorrentino e Mônica Sodré para uma conversa sobre como as democracias estão falhando com o clima

28jan2021 - 04h22

Segundo o relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma-2020), o aquecimento global continua – apesar de a desaceleração econômica ter proporcionado uma queda de 7% nas emissões de gases-estufa. Mesmo com a redução de viagens, da atividade industrial e da geração de eletricidade, por conta da pandemia, o mundo caminha para um aumento catastrófico de temperatura acima de 3°C neste século. Muito além das metas do acordo de Paris.

No episódio passado, refletimos sobre os desafios do Estado democrático em lidar com a mudança do clima: a dificuldade de endereçar a questão com agilidade, abrangência e qualidade de participação social; os inimigos internos, que o corroem por meio do negacionismo e da desinformação; a dificuldade de levar em conta as futuras gerações; a força do poder econômico que se opõe à descarbonização; e a transterritorialidade do problema climático.

A essa altura já está muito claro que a crise climática tem e terá cada vez mais impactos concretos em vários aspectos das nossas vidas – e que as democracias estão falhando com o clima. Mas, então, o que constitui uma governança climática forte? Como gerenciar o uso dos bens comuns globais que ultrapassam jurisdições nacionais? Como coordenar regimes políticos diversos, garantindo liberdade e decisões democráticas?

A governança climática é um daqueles temas áridos, pelos quais, infelizmente, pouca gente se interessa. No entanto, é fundamental para entendermos o funcionamento da máquina que faz girar os processos de tomada de decisão e a política climática na vida real. Para refletir sobre esse assunto, o Revoar convida Ailton Krenak, liderança indígena, escritor e jornalista, Marcos Sorrentino, professor universitário, militante ambientalista desde os anos 1970, e Mônica Sodré, Diretora Executiva da RAPS – Rede de Ação Política pela Sustentabilidade.  

Em ‘Governança climática: um olhar para o futuro’, nossos três entrevistados abordam os desafios da democracia de maneira diferente, mas convergem em uma visão: se não houver uma certa mudança de paradigma, o sistema democrático continuará falhando nos seus macro-objetivos de ser um sistema político do povo que garante o bem-estar para o povo.   Eles também conversam sobre a governança dos bens comuns e sobre dois caminhos para uma democracia climática forte: constituir uma forma de governança que funcione para todas as pessoas e recursos; e construir novos paradigmas de cidadania, com base em uma nova abordagem de educação e participação política.  

Além disso, nesse episódio, esses especialistas contam para nós o que lhes dá esperança. Escute e inspire-se.

Ficha técnica
O podcast é uma produção da Rádio Novelo para o LAUT
Apresentação: Conrado Hübner Mendes e Joana Setzer
Coordenação: Paula Scarpin e Vitor Hugo Brandalise
Produção: Clara Rellstab

Edição: Claudia Holanda 
Pesquisa: Alice Amorim e Marcelo Oliveira
Música original: Mari Romano

Finalização e mixagem: João Jabace 
Coordenação digital: Iara Crepaldi e Bia Ribeiro  
Distribuição: Bia Ribeiro
Redes sociais: Andressa Maciel
Para falar com a equipe: [email protected]