Listão da Semana,

Granta em língua portuguesa e mais 10 lançamentos

Editores da Granta lusófona reuniram autores consagrados e em ascensão para tratar do tema ‘o outro’

21jul2023 - 08h00 | Edição #71

Esta é uma semana para os leitores brasileiros ficarem frente a frente com o Outro. A alteridade, conceito explorado em muitos campos de conhecimento – psicanálise, literatura, ciências sociais e políticas –, atravessa as páginas da 10ª Granta em Língua Portuguesa: o outro, que chega às livrarias. 

Para tratar do tema, os editores da Granta lusófona reuniram autores consagrados e em ascensão – desde sua criação, no século 19, na Inglaterra, a revista é celeiro de novos escritores. Nesta edição, os autores e as autoras investigam a alteridade no encontro de civilizações, nas relações pessoais e na subjetividade, em textos de ficção e não ficção e em dois ensaios fotográficos. 

Completam a seleção da semana o relato da navegadora Tamara Klink sobre a travessia do Atlântico no veleiro Sardinha, os poemas da socióloga e escritora malauiana Upile Chisala, as reflexões da psicanalista Maria Rita Kehl sobre um “tempo esquisito”, o novo romance de Evandro Affonso Ferreira, um tratado do filósofo Espinosa, uma coletânea de ensaios de Virginia Woolf e mais novidades.

Granta em língua portuguesa 10: O Outro
Tinta-da-China Brasil • 216 pp • R$ 90

Publicada pela Tinta-da-China Brasil (selo editorial da Associação Quatro Cinco Um) sob a direção editorial de Pedro Mexia (Portugal) e Gustavo Pacheco (Brasil), a Granta traz em seu décimo volume contos, ensaios, trechos de romance e ensaios visuais atravessados pelo conceito de alteridade.

A revista abre com um trecho de Still Pictures, livro póstumo de Janet Malcolm, no qual ela conta histórias de sua origem checa e sua situação de imigrante. Ernesto Mané contribui com um excerto do seu livro Eu sou o outro do outro, misto de ensaio, diário de viagem e relato autobiográfico a ser publicado em 2024 pela Tinta-da-China Brasil. Seguem-se contos e ensaios de Valério Romão, Marta Hugon, Adam Dalva, César Aira, Olavo Amaral, Isabela Figueiredo, Natércia Pontes, Ali Smith, Teresa Veiga, Aparecida Vilaça, Francesca Wade e ensaios fotográficos de Mag Rodrigues e Eduardo Viveiros de Castro.

A edição avulsa da Granta em língua portuguesa pode ser comprada no site da Tinta-da-China Brasil

A Granta em língua portuguesa 10: O Outro será a publicação do Clube do Livro 451 de agosto. Assine e receba todos os meses a edição impressa da Quatro Cinco Um com um livro ou impresso selecionado por nossos editores.

Leia também: De volta às livrarias brasileiras, a nona edição da Granta em Língua Portuguesa retrata uma Rússia de contrastes, entre o humor e a tragédia

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 40% de desconto no site da Tinta-da-China BrasilConheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e mais.

———

Nós: o Atlântico em solitário. Tamara Klink. 
Companhia das Letras • 224 pp • R$ 69,90

Filha do navegador Amyr Klink e da fotógrafa Marina Bandeira Klink, a arquiteta Tamara tornou-se, em 2021, a pessoa mais jovem do Brasil a cruzar o oceano Atlântico sozinha. Autora de outros dois livros — Mil milhas e Um mundo em poucas linhas, ambos de 2021 —, ela narra agora sua jornada no Sardinha, um pequeno veleiro de 26 pés (oito metros), entre a França e Pernambuco.

Leia também: Convidada da Flip 2022, a velejadora e escritora Tamara Klink fala do significado de Paraty na sua vida

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site da Companhia das Letras. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e mais.

———

A alegria espera por você. Upile Chisala.
Trad. Izabel Aleixo • LeYa • 176 pp • R$ 34

Segundo livro de poemas da socióloga e escritora nascida no Malaui e hoje vivendo na África do Sul. Assim como seu primeiro livro — Eu destilo melanina e mel, 2020 —, este também é composto de poemas breves sobre a condição da mulher negra e a coragem de amar a si mesma num mundo cheio de dor.

Leia também: Coletânea de textos de Djamila Ribeiro intercala autobiografia e reflexão política sobre a mulher negra no Brasil

———

Tempo esquisito. Maria Rita Kehl.
Boitempo • 192 pp • R$ 65

Autora de Bovarismo brasileiro (2018) e Ressentimento (2020), a psicanalista paulista resgata o conceito de “banalidade do mal” proposto por Hannah Arendt, mas o emprega num sentido diferente, para descrever a leviandade com que muitas pessoas se sentiram autorizadas a praticar o mal contra indivíduos vulneráveis. Kehl reflete então sobre os principais traços do governo de Jair Bolsonaro — o sadismo, o aumento da intolerância, a disseminação da violência, a indiferença em relação aos mais pobres e o negacionismo na saúde pública.

Leia também: A cartunista Laerte repassa quatro décadas de carreira em conversa com a psicanalista Maria Rita Kehl

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 20% de desconto no site da Boitempo. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.

———

Perdeu vontade de espiar cotidianos. Evandro Affonso Ferreira.
Editora Nós • 88 pp • R$ 60

Autor de diversos romances (cinco deles ganhadores dos prêmios Jabuti, APCA, Machado de Assis e Bravo), o escritor mineiro retoma suas temáticas habituais (a solidão, a desesperança) e cria uma “biografia não autorizada” de uma senhora filosófica de quase noventa anos — uma personagem que ele criou para entreter um grupo de amigos —, que devaneia sobre a vida e a existência.

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site da Companhia das Letras. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e mais.

———

Tratado da emenda do intelecto. Espinosa.
Trad. Samuel Thimounier • Autêntica • 448 pp • R$ 89,80/62,90

O volume reúne o Tratado da emenda do intelecto — uma introdução à filosofia da imanência — seguido por uma parte do Medicina da mente, de Ehrenfried W. von Tschirnhaus, e da correspondência completa entre Espinosa, Tschirnhaus e Georg Hermann Schuller. Espinosa analisa o conhecimento, mostra que o fim último da filosofia é alcançar a beatitude e que encontramos em nós mesmos uma expressão da causalidade imanente pela qual Deus produz todas as coisas.

Leia também: Obra sobre Espinosa redigida na prisão e livro sobre o fôlego curto das revoltas contemporâneas marcam duas facetas de Antonio Negri

Assinantes da Quatro Cinco Um têm 25% de desconto no site da Autêntica. Conheça o nosso clube de benefícios, que dá descontos em livros, eventos e produtos culturais.
———

A redoma de vidro. Sylvia Plath.
Trad. Chico Mattoso • Biblioteca Azul • 280 pp • R$ 69,90/49,90

O único romance da poeta norte-americana Sylvia Plath, publicado semanas antes de a autora se suicidar, em 1963, é republicado depois de ficar mais de quinze anos fora dos catálogos. Semi-autobiográfico, Plath lançou o livro — que é protagonizado por uma jovem inteligente e com um futuro promissor que é internada em uma clínica psiquiátrica — sob o pseudônimo de Victoria Lucas.

Leia também: Sylvia Plath, Bette Davis e Winston Churchill estão entre os autores de coletânea que gira em torno da maternidade

———

Vapt-vupt
+ novidades quentinhas

Últimos Contos. Anton Tchékhov.
Trad. Rubens Figueiredo • Todavia • 320 pp • R$ 74,90

Reúne alguns de seus contos célebres, como  “A dama do cachorrinho”, “Um caso médico” e “A noiva”, escritos quando ele já tinha sido diagnosticado com tuberculose.

Orgulho e preconceito: edição comentada. Jane Austen.
Trad. Julia Romeu • Zahar • 368 pp • R$ 89,90

Concluído em 1797, mas só lançado em 1813, tornou-se um dos romances mais populares em todo o mundo (teve pelo menos dezessete versões para cinema e TV). 

Uma prosa apaixonada. Virginia Woolf.
Trad. Tomaz Tadeu • Autêntica • 240 pp • R$ 87,90/61,90

Na coletânea de ensaios, a autora inglesa reflete sobre a essência da poesia e da prosa literária. O volume é complementado por ensaios das críticas Roxanne Covelo e Emily Kopley.

Teatro e os povos indígenas: janelas abertas para a possibilidade. Naine Terena e Andreia Duarte (org.).
N-1 Edições/Outra Margem • 220 pp • Download gratuito

Coletânea com quatorze textos escritos por artistas indígenas ou em parcerias de indígenas com não indígenas abordando as relações entre o teatro e os povos originários.

———

Faça parte da revista dos livros! Assine a Quatro Cinco Um.

Quem escreveu esse texto

Iara Biderman

Jornalista, , editora da Quatro Cinco Um, está lançando Tantra e a arte de cortar cebolas (34)

Mauricio Puls

É autor de Arquitetura e filosofia (Annablume) e O significado da pintura abstrata (Perspectiva), e editor-assistente da Quatro Cinco Um.

Matéria publicada na edição impressa #71 em maio de 2023.