Literatura infantojuvenil,

Inédito: novo livro da autora de ʽHarry Potterʼ

Escritora britânica J.K. Rowling anuncia livro infantojuvenil gratuito e competição de ilustração; leia os primeiros capítulos

26maio2020 - 19h22

J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", está publicando um novo livro infantojuvenil. O Ickabog é um conto de fadas ambientado em uma terra imaginária, em formato de série, que está sendo disponibilizado online gratuitamente a partir de hoje (26/5). De segunda a sexta, até 10 de julho, ao menos um novo capítulo será lançado, totalizando 34.

O anúncio foi feito pela própria autora por meio de sua conta do Twitter, na qual disse que resolveu publicar a obra para “para que as crianças em isolamento social e mesmo as que estão indo à escola nestes tempos estranhos e perturbadores possam lê-la ou ter alguém que a leia para elas”. Escrita há dez anos e até então lida somente por seus dois filhos mais novos, a história estava guardada em uma caixa em seu sótão até poucas semanas atrás, na sua maior parte em forma manuscrita. “Abrir a caixa foi como abrir uma cápsula do tempo”, conta ela.


Reprodução

Na rede social, Rowling também anunciou que vai usar desenhos enviados por crianças para ilustrar a edição impressa, que deve ser lançado em novembro deste ano. “Sugerirei ideias para imagens à medida que avançamos, mas ninguém deve se sentir restringido por minhas idéias. Deixem sua imaginação correr solta!” A competição já está valendo para crianças do Reino Unido, da Irlanda, da Austrália, da Nova Zelândia, da Índia, dos EUA e do Canadá e, em breve, será lançada no Brasil, onde o livro será lançado pela editora Rocco.

Leia a seguir um trecho do comunicado que a Rowling enviou para a imprensa: “Algumas semanas atrás, durante o jantar, considerei timidamente a ideia de tirar O Ickabog do sótão e publicá-lo gratuitamente para crianças em isolamento social. Meus filhos, agora adolescentes, ficaram emocionados e entusiasmados com a ideia. Então a caixa empoeirada com os rascunhos desceu as escadas e, nas últimas semanas, estive imersa em um mundo fictício que nunca imaginei visitar novamente. Enquanto trabalhava para terminar o livro, comecei a reler os capítulos todas as noites para a família. Essa foi uma das experiências mais extraordinárias da minha vida de escritora, pois os dois primeiros leitores do Ickabog me contaram do que se lembravam quando eram pequenos e exigiram a reposição das partes que mais gostavam (e eu obedeci).”

A escritora também declarou que cederá 100% de seus royalties a projetos e organizações que ajudam os grupos mais afetados pela Covid-19. Os capítulos podem ser encontrados (por enquanto, somente em inglês) no site www.theickabog.com, que reúne ainda informações sobre a história e detalhes sobre a competição de ilustração.

Esse texto foi realizado com o apoio do Itaú Social.