Capa,

Brasil & África

A literatura como base para entender o continente africano (e o nosso país) é tema da capa de agosto

30ago2019

Criadores do projeto gráfico da Quatro Cinco Um, Celso Longo e Daniel Trench (@cldt.design), que trabalham juntos desde 2008, ilustram a capa de agosto da revista, que traz um especial sobre livros para pensar a África e o Brasil.

Longo e Trench têm em seu currículo trabalhos para diversas instituições culturais, como o Instituto Moreira Salles, a Pinacoteca do Estado de São Paulo, o Sesc Pompeia e o Museu de Arte Moderna de São Paulo, além do Nexo Jornal e das editoras Cobogó e Movimenta. Longo é arquiteto e mestre em design e arquitetura pela FAU-USP e professor e coordenador do núcleo de design da Escola da Cidade. Trench é bacharel em artes plásticas pela FAAP e mestre pela ECA-USP, editor de arte da revista Serrote e professor de design visual na ESPM.

O jornalista norte-americano Howard W. French escreve sobre novos títulos que mostram as ricas civilizações perdidas da África; o historiador e cientista político Luiz Felipe de Alencastro destrincha as trocas culinárias entre a África e a América; e o historiador Rodrigo Bonciani fala sobre Julia Juruna, o pseudônimo feminino e indígena de Alencastro que deu notícias do Brasil a um jornal francês nos anos 70 e 80.

A edição tem ainda o artigo de Art Spiegelman (autor de Maus) censurado pela Marvel; as biografias de Friedrich Nietzsche e Jorge Amado; e textos sobre Conrad, Cortázar e Caravaggio, entre outros; além de um listão com 153 lançamentos em 23 áreas.