Repertório 451 MHz,

Amarrados em Almodóvar

Com um livro de poemas inspirado nos filmes de Pedro Almodóvar, o poeta Fabrício Corsaletti conversa com a psicanalista Vera Iaconelli sobre a obra do cineasta espanhol

22jun2023 - 16h50

Está no ar o 90º episódio do 451 MHz, o podcast da revista dos livros. Com um livro de poemas inspirado nos filmes de Pedro Almodóvar chamado La ley del deseo, o poeta Fabrício Corsaletti conversa com a psicanalista Vera Iaconelli no 451 MHz sobre a obra do cineasta espanhol, como as mulheres aparecem como personagens centrais do mesmo modo que o desejo e a maternidade.

Tudo sobre Almodóvar


O cineasta espanhol Pedro Almodóvar [Reprodução]

Pedro Almodóvar é um dos grandes cineastas vivos da atualidade, autor de clássicos como Mulheres à beira de um ataque de nervos, Tudo sobre minha mãe, entre muitos outros. Recentemente, a Tusquets, selo editorial da Planeta, relançou, em um único volume, dois livros escritos por ele: Patty Diphusa e Fogo nas entranhas, traduzidos por Eric Nepomuceno.

Ali estão reunidas as crônicas sobre Patty Diphusa, uma estrela pornô. Elas foram publicadas por Almodóvar nos anos 80 na La Luna de Madrid, uma revista de vanguarda editada por artistas ligados à Movida madrileña. Já a novela Fogo nas entranhas mostra um grupo de mulheres envolvidas com um chinês, dono de uma fábrica de absorventes íntimos. Esses títulos haviam sido lançados no ano 2000 pela editora Dantes.

Além disso, o cineasta está com um filme novo na praça: Estranha forma de vida, que estará disponível na plataforma MUBI em agosto. O curta-metragem é o primeiro filme de Almodóvar falado em inglês e conta com Ethan Hawke e Pedro Pascal no elenco. Assista ao trailer:

O enigma do desejo


A psicanalista Vera Iaconelli e o poeta paulista Fabrício Corsaletti [Divulgação]

Os convidados do episódio são Fabrício Corsaletti e Vera Iaconelli. Corsaletti é um poeta já consagrado que lançou recentemente La ley del deseo, pela editora Corsário-Satã. Para fazer esse livro, ele viu todos os filmes do Almodóvar e escreveu um poema inspirado em cada longa. O primeiro filme que o inspirou a escrever seus versos foi Volver.

Corsaletti também fez pinturas baseadas nesse trabalho, que foram exibidas na exposição Bares Mentais, com curadoria de Diego Matos no Galpão Cru.


Pinturas de Fabrício Corsaletti [Foto de Everton Balardin]

Não é a primeira vez que ele adentra o universo de um outro grande artista. Em Engenheiro fantasma (Companhia das Letras, 2021), Corsaletti imagina que o cantor e compositor Bob Dylan está exilado em Buenos Aires nos anos 80, onde escreve sonetos durante essa temporada.

Ele também publicou a plaquete São João das Três Orelhas pelo Círculo de Poemas, sobre a cidade de Gonçalves, na região da Serra da Mantiqueira, em Minas Gerais.

Vera Iaconelli é psicanalista, colunista da Folha de S.Paulo e grande especialista em um tema muito recorrente na obra do Almodóvar: a maternidade. Ela já publicou dois livros sobre o assunto: Mal-estar na maternidade (Zagodoni, 2020, mas que havia sido impresso em 2015 pela Annablume) e Criar filhos no século 21 (Contexto, 2019).

Além disso, ela é uma das coordenadoras de uma coleção da editora Autêntica (junto com Daniela Teperman e Thais Garrafa) chamada Parentalidade & Psicanálise, cujo primeiro volume reúne textos da própria Iaconelli, Christian Dunker, Daniela Teperman, Marília Moschkovich, Miriam Debieux Rosa e Thais Garrafa.

Em outubro, Iaconelli lançará um livro de sua autoria parte dessa coleção, o Manifesto antimaternalista, que mostra como uma vertente da psicanálise acredita que as figuras da mãe e mulher se confundem e como isso dificulta a criação de políticas públicas para a maternidade.

O melhor da literatura LGBTQIA+

A livreira Zil Pimentel recomenda o livro Temporada de furacões, da mexicana Fernanda Melchor, publicado pela editora Mundaréu em 2021, com tradução de Antônio Xerxenesky.

No livro, um grupo de garotos encontra um cadáver às margens de um canal, que é identificado como a Bruxa, figura icônica e temida em La Matosa, uma cidadezinha dominada pela pobreza, superstição, preconceito e violência institucional e doméstica.

Confira a lista completa de indicações dadas no podcast 451 MHz, no bloco O Melhor da Literatura LGBTQIA+.

O 451 MHz é uma produção da Rádio Novelo e da Associação Quatro Cinco Um.
Apresentação: Paulo Werneck
Coordenação Geral: Évelin Argenta e Paula Scarpin
Produção: Ashiley Calvo
Edição: Luiza Silvestrini
Produção musical: Guilherme Granado e Mario Cappi
Finalização e mixagem: João Jabace e Luis Rodrigues, da Pipoca Sound
Identidade visual: Quatro Cinco Um
Coordenação digital: Bia Ribeiro
Para falar com a equipe: [email protected]