Literatura,

Feira literária reúne 70 editoras independentes em São Paulo

Primavera dos Livros também promove debates com escritores como Bernardo Kucinski e Kiusam de Oliveira

22mar2023 | Edição #68

Mais de 20 mil livros de setenta editoras independentes estarão expostos na 10a Primavera dos Livros, feira literária gratuita que promove ainda uma programação de mesas com autores como Bernardo Kucinski, Micheliny Verunschk e Kiusam de Oliveira. O evento acontece entre os dias 23 e 26 de março no Galpão do Armazém do Campo (MST), no centro de São Paulo, e reúne editores, escritores, ilustradores e leitores de todo o Brasil. O tema desta edição é Territórios da Bibliodiversidade, que gira em torno de políticas do livro no país, mercado editorial e literatura contemporânea.

Com o objetivo de ampliar a diversidade do mercado editorial brasileiro, a Primavera é realizada anualmente pela Liga Brasileira de Editoras (Libre). “Vamos fortalecer a economia da cultura, a produção e a sua diversidade pela criação de oportunidades e de uma ação criativa que não se restrinja apenas à venda dos livros, mas dê ao leitor a possibilidade de ver livros que não são encontrados nas grandes redes de livrarias”, diz Lizandra Magon de Almeida, vice-presidente da Libre e editora da Jandaíra.

Na quinta-feira, 23, até às 18h, a programação é exclusiva para editores e profissionais do livro, que num circuito de palestras discutirão a difusão dos planos de leitura para mais regiões do território brasileiro, a formação de acervo de bibliotecas públicas e as festas literárias nas periferias. A abertura da Primavera dos Livros ao público acontece às 18h, com uma apresentação do Slam das Minas e o lançamento do livro Leitura cria mundos: um projeto sobre democratização dos livros, de Renata Costa (Oficina Raquel), às 19h.

Todos os dias, de sexta (24) a domingo (26), a programação se divide em duas grandes seções: Território Literário e Território Autoral. A primeira reúne mesas sobre literatura, autoria, publicações, incentivo e fomento, democratização da leitura, maior inserção de profissionais negros no mercado editorial e lançamentos; a segunda é voltada para entrevistas com autores e autoras convidadas, que encerram a programação diariamente.

O escritor e jornalista Bernardo Kucinski, que já participou do podcast 451 MHz, da Quatro Cinco Um, conversa com o jornalista Haroldo Ceravolo sobre como a realidade atua sobre a ficção e modifica a escrita de contos. A escritora e historiadora Micheliny Verunschk, que participou do primeiro episódio do podcast A Terceira Margem do Reno, fala com as escritoras Rita Carelli e Monique Malcher sobre cosmovisões literárias. A escritora Kiusam de Oliveira, entrevistada pela revista dos livros sobre representatividade negra na literatura infantojuvenil, participa de uma mesa com as autoras Cintia Barreto e Carolina Delboni sobre a criação de pequenes feministes por meio dos livros.

Confira a programação completa da Primavera dos Livros.

Entre 7 e 11 de junho, a capital paulista também sedia a 2a edição d’A Feira do Livro. O biógrafo de Fernando Pessoa, Richard Zenith, é o primeiro convidado confirmado. O evento acontece na praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, e tem entrada gratuita e livre acesso aos debates.

Matéria publicada na edição impressa #68 em março de 2023.