Literatura infantojuvenil,

Leitores de carteirinha: março de 2022

Jovens frequentadores de bibliotecas comunitárias resenham seus livros preferidos

01mar2022 - 04h51 | Edição #55

Luís Alberto Freitas de Oliveira, 18 – Porto Alegre (RS)

R. J. Palacio. Extraordinário.
Tradução de Rachel Agavino. Intrínseca • 320 pp • R$ 49,90/34,90

A história do livro Extraordinário, de R. J. Palacio, acontece quando Auggie Pullman, ou apenas Augg (como o personagem é chamado por sua família e amigos), nasce com uma deformidade no rosto, precisando passar por 27 cirurgias plásticas. Augg sempre estudou em casa, mas ao completar dez anos de idade ele começa a frequentar uma escola com outras crianças, dando início a uma nova fase da sua vida.

Eu gosto muito desse livro pois uma das coisas que ele nos ensina é a sermos gentis com as outras pessoas, não importa a aparência que elas tenham. O mais legal é que podemos ver a evolução do Augg: antes ele usava um capacete de astronauta por certamente ter vergonha de sua aparência; ao fim do livro Augg aparece sem o capacete, o que para mim é uma clara representação de sua evolução, de seu amadurecimento.

Eu amo esse livro porque ele me mostrou que ser diferente não é ruim, sabe? Ser diferente pode ser bom

Acredito também que o livro nos ensina que novas etapas na vida podem ser muito boas para a gente. A obra mostra a família de Augg superapreensiva quando ele vai para a escola (pois todos estão com medo de como as outras crianças podem recebê-lo), e com o passar das páginas podemos ver que Augg tem dificuldade em se adaptar à escola, passando inclusive por situações de bullying. Eu amo esse livro porque ele me mostrou que ser diferente não é ruim, sabe? Ser diferente pode ser bom.

Lorrayny das Graças Agostinho Campos, 18 – Belo Horizonte (MG)

Jenny Han. P.S.: ainda amo você.
Tradução de Regiane Winarski. Intrínseca • 304 pp • R$ 49,90/26,90

Hoje embarcaremos nessa linda história, que é a continuação de Para todos os garotos que já amei, de Jenny Han, que foi lançado em 2015 aqui no Brasil e que fez sucesso como filme na Netflix. Em p.s: ainda amo você, Lara Jean fica dividida entre dois garotos, um antigo amor do passado e ex-namorado da sua antiga melhor amiga e Peter, seu atual namorado. No primeiro livro da sequência desse best-seller, a protagonista Lara Jean, que tem ascendência coreana, mandou cartas para cinco garotos, mas um deles não lhe devolve a carta, o que vai criar uma série de dilemas na continuação da obra.

Dilemas

p.s: ainda amo você começa algumas semanas depois de Lara Jean começar a namorar Peter e surge com alguns problemas ocorridos em um passeio que a turma da escola fez no ano anterior. Essa situação é rapidamente resolvida com a intervenção do pai de Lara. No meio disso tudo, a carta que Lara enviou para John, um dos cinco garotos que ela amava, chega explicando a razão de ele não a ter respondido. Aí começa o dilema de Lara Jean, que fica confusa entre Peter e John. A situação se complica ainda mais porque Genevieve, ex-namorada de Peter, continua muito presente na vida dele por causa de problemas familiares, e o garoto sente obrigação de ajudá-la por tudo que eles já viveram. Lara e Peter brigam, então, e por isso o namoro termina e Lara se aproxima de Jonh.

Com quem será que Lara Jean vai ficar? Quer embarcar nessa história? Se sim, espero que tenha uma ótima experiência, assim como eu tive.

Lucas Amorim, 16 – São Paulo (SP)

Sun Tzu. A arte da guerra.
Tradução de John Minford e Leonardo Alves. Penguin/Companhia das Letras. 456 pp • R$ 57,90

“A suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar.” Esse é um dos muitos ensinamentos de Sun Tzu, em A arte da guerra, escrito pelo autor chinês por volta de 544 a. C.

O objetivo da obra, dividida em treze lições, é mostrar diversas maneiras de enfrentar seus inimigos, estratégias de combate e outras dinâmicas que foram muito utilizados por oficiais dos vários reinos que formavam a China antiga. Na época, a guerra era tida como uma espécie de ritual, que seguia algumas regras.

‘A arte da guerra’ é muito divertido de ler, pode ensinar sobre a vida em si e com certeza vai continuar sendo importante para a História

As estratégias narradas no livro podem ser vistas em muitos filmes, animações e video games. Uma das principais técnicas ensinadas no livro é a importância de avaliar e analisar certas situações levando em conta cinco fatores: caminho, terreno, clima, liderança e gestão. O livro pode não influenciar em tantas coisas hoje em dia (ainda que seja lido por vários empresários), mas é muito divertido de ler, pode ensinar sobre a vida em si e com certeza vai continuar sendo importante para a História, ensinando lições para as próximas gerações.

A Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias (RNBC) é um dos projetos mais importantes de articulação entre leitores e bibliotecas no Brasil. Publicamos aqui resenhas de livros escolhidos por três jovens que frequentam a Biblioteca Comunitária do Arvoredo (rs), a Sala Son Salvador (mg) e a Biblioteca Comunitária Terra e Mar (rj). Contamos com eles para manter acesa a chama da leitura! Conheça e saiba como apoiar a Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias no site rnbc.org.br
Esse texto tem o apoio do Itaú Social.

Quem escreveu esse texto

Luís Alberto Freitas de Oliveira

Tem 18 anos, estuda em Porto Alegre (RS)

Lorrayny das Graças Agostinho Campos

Tem 18 anos, Belo Horizonte (MG)

Lucas Amorim

Tem 16 anos, estuda em São Paulo (SP)

Matéria publicada na edição impressa #55 em outubro de 2021.