Angústia

Graciliano Ramos

Org. Thiago Mio Salla Editora Todavia // 320 pp • R$ 64,90

Publicado em agosto de 1936, num período em que o autor era um preso político do governo Vargas (só foi solto em janeiro de 1937, após apelos de muitos intelectuais), este romance sobre um intelectual fracassado – que se apaixona por uma moça volúvel seduzida por comerciante balofo – consolidou a posição de Graciliano como um dos maiores escritores brasileiros. A presente edição estabelece um texto inédito, restituindo a última vontade do autor, uma introdução de Thiago Mio Salla e uma crítica de Antonio Candido de 1945 que ainda não tinha sido publicada em livro.